Menores de 18 anos de namoro

Pra mim é crime sim, pelo que sei pelo instituto da criança e do adolescente maior de idade só a partir de 18 na minha casa eu boto regra pra namorar só a partir dos 25 , acho um absurdo esses sites de relacionamento eu vi estão liberando a partir 14 anos participarem do site, antes estava escrito aparti 18 reduziram, 14 tem que está estudando obedecendo regras dos pais dentro do lar ... Apenas seria punivel se tivesse menos de 16 anos. Aos 16 anos, apenas por curiosidade, é a idade da emancipação, ou seja, com o consentimento dos pais o/a menor já pode casar. Mesmo que constituisse um crime, carecia de desejo criminal por parte do titular do direito de queixa, neste caso da rapariga em questão por ser maior de 16 anos e ... Completei 18 anos na metade do ano passado e no fim do mesmo ano conheci uma garota de 14 anos e começamos a namorar. A família da garota não aceita o namoro pelo fato de ser um relacionamento homossexual e me ameaçam de denúncia no juizado de menores. Cadastro de nick. Escolha a cor e digite seu nome ou apelido para entrar na sala. Para navegadores que não sejam o Internet Explorer, clique aqui. preto branco azul vermelho laranja Verde Nome: Para navegadores que não sejam o Internet Explorer, clique aqui. Seja bem vindo ... 💯grupo de triagem destinado a mulheres lÉsbicas!!💯 ao entrarem se apresentem com Áudio e foto À administradora para serem identificadas e colocadas no grupo oficial© de amizade e namoro entre mulheres. 🚫proibido menores de 18. 🚫proibido desrespeito. O que define a existência de uma crime em um namoro com alguém menor de 18 anos, é a capacidade de consentimento daquela pessoa. Para a lei brasileira, a capacidade de consentimento e determinada pela idade: a partir dos 14 anos. Proibido para menores de 18 anos Estou a um mes com meu namorado nos vemos 1 vez por cemana devido a correria do dia a dia e o local onde ele mora não ser tao perto .. As vezes me sinto mal porque as pessoas falam ii ta levando chifre só porque é algo a diatancia ... De acordo com as regras estabelecidas pela empresa por trás do Yubo, usuários entre 13 e 17 anos, não permanecem no mesmo grupo dos adultos e é necessário confirmar a permissão de um responsável para ter acesso a rede social. Site e Aplicativo de relacionamento, sexo casual, namoro grátis e contatos de mulheres e homens em Bauru, São Paulo Mulher entre 18 a 25 anos e mais...' tenho 20 anos e gosto de sexo', Mulher entre 18 a 25 anos Bauru Bate Papo PE 71 - Sala com menores de 18 anos Namoro infantil, Chat com salas de Bate papo para Jovens e Adolescentes que querem fazer novos amigos. A sala é de tema livre, coloque o seu nome no chat e divirta-se. Encontre varias pessoas legais no bate papo para jovens, crianças, infantil e adolescentes, o melhor chat sem cadastro do brasil ...

Garotas mais novas estão se atraindo por mim

2020.09.11 18:39 Enscie Garotas mais novas estão se atraindo por mim

Opa pessoal, eu tenho 24 anos, mas não aparento... Não sou virgem e tal...
Ultimamente tenho notado que garotas mais novas no meu bairro, entre 14 e 18(apenas uma) tem se atraído por mim... (Vejo olhares, os moles, abertura para conversa, ai pergunto idade e vaso... kkk)
Mas eu me sinto desconfortável com moças mais novas, sei que após 16 pode rolar namoro se os pais permitir e sexo se ela consentir... Mas me senti quebrando uma lei ou violando a menina se for menor, sendo sincero me sinto melhor se tem mais de 21, fico mais tranquilo. Mas talvez oq sempre me relacionei com gente mais velha, minha Ex 26, e antes dela mulheres de 27, 38 e 40 anos.. E não sei se namorar uma jovem de 16 ou 17 seria legal mano... E nem sei os gostos e tal.. me sinto perdido... o que vcs podem dizer sobre isso?
Eu quero namoro sério, fidelidade e querer estar comprometido com o crescimento mutuo...
submitted by Enscie to desabafos [link] [comments]


2020.08.27 21:34 Ultimecia- Desabafo sobre pensamentos ruins que me atormentam (+18)

Ola pessoal, depois de muito pensar, e me perguntar se deveria fazer esse texto, venho aqui pra desabafar um pouco, pois não tenho um ciclo social muito grande pra o qual eu poderia contar essas coisas, e as poucas pessoas que eu poderia contar, Não seriam diretas e sinceras. Como o texto também é bem constrangedor, acredito que um leve anonimato deve me ajudar a se expressar melhor.
Marquei o texto como +18 porque usarei palavras bem explícitas aqui para melhor entendimento, porém, ciente das diretrizes da comunidade, caso o texto seja ofensivo ou afete alguém menor de idade, gostaria que fosse removido o mais rápido possível, me desculpem se acabar sendo ofensivo ou algo do tipo, espero não ultrapassar nenhum limite aqui. Mas vamos lá.
A 3 anos atrás eu conheci uma garota do meu antigo emprego (tenho 23 anos, isso não fere meu anonimato). Essa garota era perfeita e muito fofinha, tinhamos a mesma idade e nos demos super bem, estávamos solteiros, e depois de 6 meses nos conhecendo começamos a namorar. Namoramos por uns 2 anos, e nesse tempo aproveitamos muito a companhia um do outro, foi tudo perfeito, sem brigas e sem desentendimento, até que começamos a nos conhecer de mais. Sempre fui um cara reservado, antes dela só namorei uma pessoa, por 3 anos, minha única experiência sexual foi com essa pessoa, e após o termino nunca me relacionei como mais ngm, porém, essa garota que conheci no meu trabalho (vou chama-la de Yomawa, nem sei o pq :v) ja havia tido muitos outros caras no passado. Conversando com ela, descobri que fui o primeiro namorado dela, porém, ela ja havia ficado e tido aventuras adultas com mais de 15 caras no total, alguns em festas, faculdade, e todo o resto, com alguns mais de 5 vezes, ja havia feito menage e outros desejos sexuais que realizou por curiosidade. Confesso que me surpreendi, uma garota tão fofinha e delicada ja ter passado por isso me abalou um pouco, e depois que eu fiquei sabendo dessas coisas, nosso namoro desandou. Comecei a criar uma espécie de paranóia na cabeça, de nunca ter dado um prazer tão bom pra ela em nossas relações na cama. Eu tinha alguns fetiches e curiosidades, e ela, ja havia realizado todos com os caras anteriores. Com o tempo essa paranóia de me sentir insuficiente foi tomando conta de mim, até que cometi o erro (ou não) de perguntar se eu ja havia sido o melhor com ela na cama. Ela disse que não, disse que avalia certos pontos nas relações, como preliminar, oral, beijo, penetração, vibe e etcs. E que desses pontos, eu tinha sido o melhor em preliminar e sexo oral, maaaaas, um dos piores em penetração, disse que ja tinha se relacionado com outros caras que proporcionaram um prazer enorme pra ela, e que achava difícil eu superar. Uma coisa que amo nela, é a sua sinceridade, eu odiaria sentir que estou sendo enganado, e a verdade apesar de doer, é o que eu prefiro. Desde então eu tenho me empenhado e dado o melhor de mim, para "ser o melhor" de cama. Eu nunca tive esse orgulho macho (como prefiro chamar) de querer ser o mais fodao em tudo e bla bla bla, mas isso tem me atormentado, e tem me impedido de ser feliz.
No começo ela acreditava que eu poderia ser o melhor na penetração e bla bla bla, mas agora ela pede pra eu não criar esperanças ahebhahehe que do jeito que estou (estou dando o maximo que consigo e fazendo treinos constrangedores de desempenho sexual no meu quarto) posso levar quase 1 ano pra conseguir ser o melhor do melhor. E isso tem me atormentado tanto que estou ficanso triste de vdd, me sinto insuficiente, quando estamos juntos e vejo ela gritar e gemer de prazer na cama, penso logo : - Se ela se contorce desse jeito comigo, imagina com o cara que já comeu ela melhor. Aaaaaaaaahh é horrível, me desculpem pela forma de falar "comeu" mas não consegui pensar em algo menos machista. Imagina você namorar uma garota que diz "meu namorado não foi o cara que me comei mais gostoso, desculpa, estou sendo sincera".
Ela diz que não liga pra isso, que o que sente comigo nunca sentiu com ngm, que nosso amor é pfto, que eu trato ela como uma Deusa e isso motivz muito ela todos os dias, ela chora só de pensar em me perder, e de vdd combinamos em tudo. Gostos, musicas, animes, séries, jogos, ela é perfeita, e eu sou o cara que nem consigo dar um prazer suficiente na cama, me sinto ridículo por isso, mas penso que quando começamos a tranzar, ela tem uma expectativa de ser bom e maravilhoso, e acaba não sendo, ela acaba esperando que seja bom como os outros caras, e acaba não sendo. Ja imaginou ela ter aquele prazer como referência sempre que pensar em sexo ? E não no meu ? Eu não consigo ser eu mesmo desde que isso aconteceu, e me sinto tão mal que penso em terminar. Estou mt agressivo com as palavras e muito decepcionado comigo, esse relacionamento está me deixando mal e me fazendo sentir a cada dia insuficiente, e ela não tem culpa, nunca seria capaz de culpa-la por falar a verdade, é a qualidade que mais amo, mas estou perdido. O relacionamento é mt mais que sexo galera, mas sinto que a cada segundo que passa, os caras anteriores estão ganhando de mim, sei la, é como se eu estivesse perdendo (???) Estou paranóico, queria desabafar, penso em ir em um psicólogo ou sexólogo, mas não sei mais o que fazer, de vdd.
Me desculpem se ficou mt grande este desabafo, ou se acaba ferindo alguma diretriz ou algum menor de idade, pfvr excluam se for o caso :(((
Ass : O cara que não foi o melhor da sua namorada
submitted by Ultimecia- to desabafos [link] [comments]


2020.08.22 02:27 Luizinguitar3 Não aguento mais lidar com merdas de terceiros que refletem até na vida pessoal de quem não tem nada a ver.

Minha mãe é uma pessoa que sempre estudou muito e fez de tudo para nunca precisar contar, financeiramente e/ou emocionalmente com a família que ela tem, no caso, a mãe, pai e irmã dela. Construiu uma carreira na área de química ligada a radiação, hoje é pesquisadora e, apesar de estarmos falidos por causa de terceiros, ganha bem.
Tudo foi bem na medida do possível, até que, em por volta de 2007, meu avô, pai dela e já idoso, foi preso num esquema criminoso aí que rolou (nada muito sério, tipo matar alguém, mas ainda assim crime) e ela teve que gastar boa parte da grana que ela não tinha com advogado para, além dele, minha avó e minha tia que era cúmplices de tudo.
Alguns anos depois dessa treta, minha avó, que não olhava na nossa cara há pelo menos uns 8 anos, oficialmente perdeu tudo que tinha e veio morar aqui em casa, que não é um lugar grande, e ficou quase 5 anos (de 2015 até o final de 2019) nos enchendo o saco, já que ela é uma pessoa extremamente ingrata e egoísta, fazendo com que pessoas que amávamos e que frequentavam nossa casa nunca mais nos visitassem e, de quebra, como tinha sido recém diagnosticada de um câncer, gastando mais dinheiro da minha mãe, porém não dizia nem um obrigado para nada. Uma vez minha mãe sofreu um acidente de carro, chegou em casa visivelmente machucada e ela só foi reparar 3 dias depois (e eram hematomas gigantes no pescoço e braços, ou seja, dá pra ver fácil). Mesmo não querendo e evitando demonstrar, minha mãe sofria muito com isso.
Nesse meio tempo, meu avô saiu da prisão e aí foi mais grana da minha mãe pra sustentar ele agora, que mora com a irmã dele, tia da minha mãe, e, de quebra, ainda teve que pagar dívidas absurdas da irmã dela, que nunca paga o que deve, não faz absolutamente nada para os pais e ainda é extremamente grossa e agressiva com a minha mãe. Entre 2007 e 2015, minha tia morou com minha avó e sentava a porrada nela (na época minha avó tinha entre 70 e 78 anos, ou seja, idosa), e mesmo assim é a filha favorita de ambos até hoje.
Pra coroar a treta toda, no final de 2016 meu pai, que mora com a gente, começou a demonstrar uns comportamentos estranhos e só esse ano (por volta de março se não me engano) finalmente um médico o diagnosticou com uma doença cujos sintomas casam com o que ele tem. Ela se chama demência fronto temporal e, se pesquisarem sobre casos, vão ver que a rotina da pessoa e das que convivem com ela mudam muito devido a isso. De quebra também, o gasto mensal aumentou muito, além de tudo, devido a necessidade de médicos, já que nosso plano de saúde que é o único que conseguimos pagar não ajuda em praticamente nada, e, pra coroar, o salário dele e da minha mãe caíram em mais de 50%. Se não fosse o auxílio emergencial e um auxílio que tô recebendo pela faculdade nem sei o que faria, já que também não ganho lá muita coisa pelo trabalho e, como sou autônomo, não tem como contar muito ainda mais nesse período.
Apesar de ser uma pessoa doce, inteligentíssima, tratar todo mundo bem, todo mundo gostar muito dela e admira-la bastante, inclusive eu, sei que ela tenta muito ser uma ótima mãe, mas não é a pessoa mais atenciosa do mundo em relação a mim e minha irmã. Os únicos assuntos que ela conversa comigo são faculdade e trabalho (ela é acadêmica e sonha com meu doutorado, sendo que nem no terceiro período da faculdade tô). Normalmente, como ela tem que carregar o mundo nas costas, ela se preocupa mais em resolver o que dá pra ser resolvido e tapar o que está ruim com uma peneira até não dar mais e aí precisar resolver.
Meu pai era um excelente pai e realmente não é exagero, mas na situação atual não é como se ele conseguisse dar conta das coisas, mesmo qu minimamente, então ela se sente frustrada e sozinha por ter pedido o suporte dela. Ambos se davam muito bem e foi (e é) bem foda pra ela.
Apesar de eu já ter o diagnóstico médico de depressão há pelo menos uns 5 anos, esse período de pandemia piorou tudo e, além disso, tenho tido crises bem ferradas de ansiedade. Não só devido a minha família, mas também porque namoro uma pessoa cuja mãe é (diagnosticadamente) narcisista, que faz a vida dela um inferno e, apesar de termos um relacionamento foda entre nós dois, eu estou sempre preocupado com o que essa mulher possa fazer. Além disso, mesmo quando não rola nada, não consigo dormir bem. Até malhando e tomando remédios (prescritos) tá ficando difícil e sinto que estou a beira de ter um colapso nervoso. Muitas noites me vejo tremendo, sem conseguir respirar, com pensamentos suicidas e completamente exausto, mas sem conseguir dormir. A única coisa que tenho feito fora de casa é levar meu pai pro mercado e na padaria, porque ele gosta de, nas palavras dele, "dar voltinha" no quarteirão, e ir no banco quando preciso resolver algo. Ou seja, se eu já não tinha muita "vida", agora tá pior ainda.
A questão é que essa parada de, não só minha mãe, mas principalmente ela (que é meio que meu único apoio familiar e na vida além da pessoa que namoro) fazerem tão pouco de mim e do que sou e sinto fica me matando porque não importa quantas vezes eu peça ajuda, ninguém ouve. Tenho muito medo de acabar tendo um colapso nervoso, como já aconteceu antes.
Faço acompanhamento psicológico há uns anos e recentemente (faz uns 3 meses) mudei o atendimento de 1x para 2x por semana, mas o que são só duas (dependendo da semana menos) sessões de terapia para alguém que passa a semana cagado?
E, assim como a pessoa que namoro passa com a mãe dela, ter que lidar com um monte de consequências ruins na vida por causa de coisas merdas que terceiros que pouco tem a ver com a sua (como meus avós, minha tia e minha sogra, por exemplo) e se ver completamente sem perspectiva por causa dos outros é muito ruim.
Não tenho muitos amigos (não que dê pra pedir algum apoio nem que seja pra ouvir como me sinto) e minha família, que já era distante, depois da doença do meu pai simplesmente sumiu.
As vezes sinto que minha mãe quis ter os filhos, mas nunca pensou de fato em como seria cuidar deles, até porque ela nunca teve quem cuidasse dela, então nem faz ideia de como é isso e, de fato, quem era mais ativo no nosso dia a dia, até porque o horário de trabalho dela era menos flexível, era meu pai, então até essa quarentena ela nunca tinha ficado tanto tempo perto da gente e muito menos em casa.
Tenho uma irmã, que é menor de idade, e minha mãe até dá um certo apoio e presença maior a ela por conta disso, mas, no meu caso, é como se eu fosse só uma pessoa que mora de favor aqui. Entendo que muita gente se sente assim depois que faz 18 anos, mas é foda principalmente quando não se tem ninguém para contar, ou ao menos um amigo pra desabafar.
Tenho muita dificuldade em fazer amizades, o que piora tudo, e acho que isso também vem do fato de que, apesar de eu sempre ter sido uma pessoa introvertida e mesmo assim conseguisse fazer uma ou outra amizade, os últimos tempos pra cá, por estar sempre ansioso, preocupado e correndo pra lidar com a minha família, seja porque meu pai não pode ficar sozinho em casa, ou porque trabalho, ou porque deu uma merda nova na vida da minha mãe e ela tem que resolver em cima da hora ou porque minha irmã tomou remédios demais e foi parar na UTI (sim. Já rolou algumas vezes, já que ela também é depressiva).
Para botar a cerejinha no bolo, sou homem trans e comecei com os hormônios há cerca de um ano, logo minha cara tá bem diferente e minha mãe não lida bem com isso, então, querendo ou não, isso também afastou mais a gente. Nas palavras dela quando contei: "eu já tenho um monte de problema pra resolver e você me aparece com mais isso?"
Penso muito em sair de casa, pouco antes da pandemia tava começando a tirar isso do papel, mas sempre que comentava sobre a ideia, como algo hipotético, todo mundo aqui falava que agora não dava, porque eu tinha que ajudar a cuidar do meu pai, e, com a pandemia, desanimei de vez (e o dinheiro todo acabou, pois era isso ou mais dívidas.)
Percebo sim que minha mãe tem uma preferência pela minha irmã, pois, por ela gostar mais de estudar que eu, principalmente coisas tidas como "normais" (normal eu digo coisas que compreendem as áreas de exatas, humanas, línguas e biológicas. Claro que nada é tão simples assim, mas eu faço faculdade de música então forçando a barra acho que deu pra entender a comparação), se for pra escolher quem vai cuidar da casa e do meu pai e quem vai estudar acho que já temos uma resposta. Além disso, a personalidade de ambas é bem parecida.
Realmente não sei o que fazer. Não sei se alguém vai ler até o fim, digitei tudo de uma vez. Só queria me sentir capaz de ter a minha própria vida, não só financeiramente, mas sem situações que bloqueassem completamente qualquer coisa que eu tentasse e automaticamente fizessem com que eu me sentisse cada vez mais sufocado nessa bola de neve gigante.
submitted by Luizinguitar3 to desabafos [link] [comments]


2020.06.13 15:03 Yunna_sata Quando eu namorei um Nice guy que tentou ir além dos limites

Olá Luba, editores, Tuxo, seres visíveis e invisíveis, e turma que está a ver.
Essa é uma das histórias que quando eu me dei mal em um relacionamento. São 4 anos de história, por isso ficou grande, mas tenham paciência comigo.
Minha história é a seguinte. Estávamos no início de 2016, eu tinha 12 anos e estava no 7° ano, eu tinha acabado de mudar de escola. No terceiro dia de aula peguei uma conjuntivite horrível e fiquei mais de uma semana de atestado (já começou tudo ótimo). Mais ou menos em abril conheci duas pessoas do 1° ano do ensino médio (a escola deles fica literalmente descendo a rua). Eles me apresentaram a mais dois garotos, um que não precisa ser mencionado e o dito cujo que vamos chamar de macho. Naquela época meus pais era muito preocupados e eu tinha sido ameaçada por um grupo de garotas (depois conto essa história) então sempre que eu pegava o ônibus ou estava chegando eu tinha que avisar meus pais. O macho (que tinha 17 anos nesse ano) perguntou minha operadora e pediu meu celular emprestado pra ligar para a namorada dele, eu emprestei. Ele ficou lá uns três minutos falando com ela, então me devolveu. Na semana seguinte ele me contou que ela tinha terminado com ele. Mas não foi um término normal, ele olhava pra QUALQUER coisa e falava "isso me lembra a Elly" (vamos chamar ela assim). E isso já estava me irritando, mas não falei nada. Então um certo dia decidimos começar a ficar, podia ser bem normal se eu não soubesse que ele estava me usando para esquecer a Elly, mas eu nem me importava pq eu meio que também estava querendo esquecer um forte acontecimento na minha vida (tem relação com as meninas que queriam me bater). O macho não aceitava ser contrariado, ele ficava me mordendo e dando tapinha leves no meu rosto, mesmo eu falando várias vezes que odiava isso, sempre que podia ele falava que a Elly botou 5 chifres nele, além de que ele ficava tentando passar a mão no meu corpo. Quando íamos completar 3 meses só ficando, ele simplesmente me largou e disse que tinha voltado pra Elly, achei super estranho, mas tá neh. Vamos para 2017, eu tinha me afastando um pouco do macho, estava com um novo grupo de amigos, muito melhor ainda por cima. Conversávamos as vezes só por mensagem. Na semana do meu aniversário de 14 anos ele foi me ver (se eu não me engano, nesse ano meu aniversário foi no domigo) então na segunda ele foi me ver [meu aniversário e dia 18 de junho (Quinta que vem ♡) e o melhor amigo dele faz aniversário dia 19] nós ficando e tal. Umas semanas depois descobri que no dia 18 ele tinha pedido uma garota em namoro, então no 19 que eu fiquei com ele, ele estava lá pleno traindo a nova namorada dele, que por consciência tinha o mesmo nome que a ex que "chifou" ele. Em 2018 as coisas estavam bem entranhas, mas nada fora do "normal". Eu tinha conhecido um garoto (vamos chamar ele de Felipe) incrível no meu curso, e eu estava cada vez mais encantada por ele, como o metal que atrai o imã. Mais ou menos nas férias de meio de ano eu decidi me isolar de todos, ou quase todos, eu só conversava com a minha família e com Felipe. A maior parte do meu tempo eu ficava assistindo anime e contando as história pro Felipe, estávamos numa vibe muito boa, e eu já estava suspeitando que estava apaixonada por ele. Até que um dia quando eu estava maratonando meus animes o macho me manda mensagem, por educação respondo 3 horas depois. Ele sempre ficava me mandando várias mensagens me atrapalhando, e se eu demorasse para responder ele ficava putinho. Ficou nisso por alguns dias, eu o ignorava, pq eu estava focada numa pessoa bem melhor. Como em todas as férias, fui pra casa do meu primo, então eu estava lá tranquila fazendo altos nadas, até que um ser começa a me ligar, o macho não parava de implorar por atenção, dizia que falar com ele era a coisa mais importante que eu tinha pra fazer. Mas eu podia ficar babando pelo meu crush, acho isso mais legal. Até que o macho cansa de implorar por atenção e diz que quando voltar as aulas vai me ver. E assim ele fez, no primeiro dia após as férias ele vai lá na escola me ver. Foi ate que legalzinho falar com ele na entrada até que ele tentou me beijar. Quando ele fez isso eu simplesmente entrei na escola. Na saída eu estava com dois amigo o Ron e a Rachel, até que encontramos o macho (ele foi me buscar '-'), subimos até o ponto de ônibus onde os meus maravilhosos amigos me deixaram sozinha com o macho. (Acho que alguém vai ficar com raiva) Ele simplesmente me prenssou na parede e começou a me beijar e a passar a mão em mim, para tentar escapar eu tentava empurrar ele, que se apertava cada vez mais a mim, e já que ele estava me beijando eu tentava morder o lábio dele na esperança de machucar. Eu vi que meu ônibus estava vindo então eu corri pra sair de perto dele. Dentro do ônibus eu briguei com a Rachel dizendo que foi errado ela me deixar sozinha com o macho escroto. Chegando em casa lá estava ele me mandando mensagens, eu falei que aquilo foi errado e que eu poderia denunciar ele por tentativa de abuso. Ele disse que eu claramente estava gostando, que eu deixei ele super excitado, que eu era o amor da vida dele. E falou várias coisas do tipo. Eu joguei na cara dele tudo que ele fez comigo desde 2016, que ele já tentou várias vezes me levar pra cama, que ficava passando a mão no meu corpo, me seguiu até em casa, me mandou fotos do pinguliroliro e que agora tentou abusar de mim em um ponto de ônibus LOTADO. Ele simplesmente ignorou tudo que eu disse é falou que estava querendo entrar pro exército. Eu falei que ele podia ir com a culpa de ter quase abusado de uma menor de idade, ele só riu e disse que foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida e que ele me ensinou a beijar e blá blá blá. Eu bloqueie ele. Em setembro de 2018 eu comecei a namorar o Felipe e estamos juntos até hoje (1 ano e 9 meses). Mas a história não acaba por aqui. Em 2019 eu vou pro primeiro ano, era a mesma escola que o macho estava estudando (reprovou duas vezes no ensino médio e uma no fundamental), o Felipe e a Elly também estudavam lá. Eu era do turno vespertino e todos os outros do matutino, mas o macho sempre esperava eu chegar pra poder ir embora, nem meu namorado fazia isso. O Macho ficava me perseguindo para todos os lados, até que finalmente foi pro exército. Como eu fazia parte do integral eu conseguia ficar mais tempo com o Felipe que também era do integral, até que um dia conheci a Elly (ela tambem era integral), e viramos amigas (o macho escroto sempre dizia que nunca nos daríamos bem), um dia estávamos conversando e eu contei tudo que o macho escroto me dizia sobre ela, inclusive sobre os chifres. Ela me contou que era tudo mentira e que na verdade ele era um cara super abusado, que já tentou forçar ela a fazer coisas várias vezes, e ela também me disse que tem até denúncias contra ele na policia. O ano passou e cultivamos um ódio múltiplo pelo macho escroto, até que ele pareceu lá na escola e me pediu perdão. Ele acha que eu aceitei, mas fazer o que. Esse ano recebemos a notícia que ele iria sair do exército e voltar pra escola, mas não sabemos pq começou a quarentena.
Link para os prints: (http://Prints "Quando eu namorei um Nice guy que tentou ir além dos limites" https://imgur.com/gallery/i4Jrk1U)
Obs: não achei todos então pode estar meio confuso.
submitted by Yunna_sata to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.06 06:36 ladyzinhah Ele era psicopata!

Olá Lubixco, olá galera e todos os seres! Segue-se minha história de trouxa com um cara abusivo possivelmente psicopata:
No ano passado, conheci um cara muito chato. Ele me irritava muito, é sério. Por conta do nosso círculo de amizade ser o mesmo, tive que aturar essa desgraça e acabar conhecendo ele melhor. Acabou que ficamos amigos depois de um tempo e a partir disso eu fiquei confusa, porque comecei a gostar dele. Para minha surpresa, ele também gostava de mim e só agia como um idiota porque queria chamar atenção. Começamos a conversar pelo WhatsApp (foi por lá que ele se declarou para mim) e eu planejava conhecer mais ele por lá. Maaas, ele disse que eu não dava atenção para ele e que achava que eu não gostava realmente dele e por isso pediu que eu provasse a ele o contrário: me pediu para ficarmos. O problema era que eu era bv e não estava preparada para aquilo, visto que queria conhecê-lo antes de sair beijando ele, para que se eu visse que não dava, previnir de ficarmos desconfortáveis depois. No entanto, com medo de perder ele, eu aceitei ficar. Nesse dia, ele estava com medo de me beijar, então tive que tomar coragem e investir primeiro. Passamos meses nos conhecendo, mas tudo piorou quando convidei ele para andar comigo e com meus amigos. Ele era grosso com minhas amigas, ficava super irritado quando mencionava meus amigos; não me deixava ficar com elas porque dizia que eu o estava ignorando e começou a fazer bullying com elas. Mas não parou por aí. Ele começou a me “testar”, fingir que estava com outra para ver como eu reagiria - detalhe: fiquei muito irritada com tudo isso e parei de falar com ele. Ele pediu desculpas e a otária aqui perdoou. Como se não bastasse, começou a brigar comigo por coisas pequenas; quando eu dizia que ficava desconfortável de ser cheia de presentes, ele ignorava e me enchia deles; ficava bravo quando alguém me chamava e ele estava falando, dizendo que eu o ignorava; jogava meus amigos contra mim e etc. Me pedia em namoro, mas visto que eu só poderia namorar depois dos 18, recusava e ele parecia entender, mas continuava insistindo. Por esse motivo, só ficávamos sério, não namorávamos, embora todos constatarem que sim. Ele dizia que me amava, que se eu o deixasse isso acabaria com a vida dele e que eu era a prioridade número um da vida dele. Eu me sentia pressionada assim, porque ele me dizia que quase entrou em depressão por umas coisas aí. Então eu me sentia responsável por ele e qualquer que fosse a coisa que acontecesse com ele. Ele não me deixava passar um dia sequer para me divertir, eu sempre deveria conversar com ele! Eu não estava aguentando mais; não gostava mais dele, nosso relacionamento estava saturado, ele ficava explosivo quando eu não estava afim de ficar, e isso fazia com que eu me culpasse e ficasse com ele. Fui aguentando tudo por muito tempo até que eu me esgotei e terminei com ele no dia seguinte. Ele não aceitou de primeira, ficou bravo e me mandava bilhetes no meio das aulas, pedindo para conversar. Ele tinha direito de conversa, então eu deixava que ele falasse, mas eu negava sempre sua tentativa de volta. Um dia, me pediu para ser meu amigo e eu aceitei ( não negava pedidos de amizade para ninguém), mas sempre assegurando de que não queria mais nada. No entanto, ele me mandava cantadas e tal, eu ficava desconfortável. Após ver que eu não queria nada mesmo - definitivamente!-, ele ficou muito, muito histérico. No dia da palestra, quando estávamos voltando para a sala com nossas cadeiras, ele literalmente jogou a dele em mim! Como se não bastasse, me abraçou sem minha permissão! No fim da aula, me barrou e disse “ eu aceito o término, espero que você seja feliz”, eu aceitei seu pedido de desculpas. Mas essa naturalidade não durou muito, após eu negar seu pedido de um abraço, ele literalmente me bateu na cabeça! Nesse momento, saí correndo de lá - já que estava no fim da aula, só nós na sala e sabe-se lá o que ele faria comigo! No dia seguinte, nenhum de meus amigos queria falar comigo. Descobri, semanas depois, por um deles que o Carlinhos - chamarei assim para não expor aquele filhote de cruz credo- tinha dito para eles que eu não gostava de caras brasileiros, que eu gostava de gringos apenas! Que desculpa foi essa? Me chamar de xenófobica? Ele era e ,ainda é, um louco! Agora fica me olhando de cara feia e me stalkeando na Otanix. Meses atrás, me chamou no amino, com a maior cara de pau, e disse que faria um massacre na minha escola e não me salvaria. Fiquei em dúvida se era uma piada ou se ele estava falando sério, levando em conta que ele é um desequilibrado.
Que livramento! Fui idiota de aguentar tudo aquilo por um longo tempo... Isso me serviu de lição e vou garantir que não aconteça mais. Bjinhos, menor que trêix. Obs: sou mineira, se quiser fazer sotaque^
submitted by ladyzinhah to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.28 19:48 newbguy_ O primeiro chifre a gente nunca esquece

Olá Luba, falecidos papelões (RIP), gatas, editores e tuuurma, hoje vou compartilhar com vocês como eu adquiri essa bela galha que hoje exibo (só pra constar: um homem sem chifre é um animal indefeso)
O ano era 2019, mas antes de tdo precisamos contextualizar um pouco, eu sempre fui criado muito "certinho" por uma família bem conservadora, e não achava certo ficar só por ficar, por isso perdi meu bv somente em 2018, com minha primeira namorada ( com 18 fucking anos). Depois que o nosso relacionamento acabou, após 9 meses, fiquei muito carente (é fácil ficar 18 anos sem beijo se vc não sabe o que está perdendo mas dps que você sabe huahauau), e foi nesse contexto que um amigo da faculdade me apresentou a "Carla Tubaroa" (nome fictício), numa lanchonete do lado da facul. Nós conversamos muito e resolvemos ficar um dia na faculdade,estava indo de acordo com um princípio mas ok, uma vez não faz mal, certo? Só que não foi só uma vez, nas próximas semanas ficamos várias vezes, intervalo de aula, ou até mesmo matava alguma aula (crianças não façam isso). Me senti muito mal por estar fazendo algo que fui ensinado ser errado, então tive uma solução muito big brain, resolvi pedir Carla Tubaroa em namoro. Ela aceitou (apesar dela ter só 3 meses que tinha saído de um relacionamento longo). Estava todo feliz, no namoro recente de 2 semanas,só que não contava com uma coisa: férias de dezembro. Acabou o semestre, eu voltei pra minha cidade natal passar férias com minha família e Carla Tubaroa ficou na cidade dela, tínhamos feitos mil planos de eu visitar ela, ela me visitar e até talvez passarmos o réveillon juntos, no entanto na primeira semana de férias Carla ficou estranha, começou a caçar briga por qualquer motivo e quando tentava reconciliar ela sumia, desaparecia por um dia ou dois, e nesse tempo postava tdo como se estivesse normal, viajou até em um fds enquanto estavámos brigando. E qnt a viagem que tínhamos combinado pra nos vermos durante as férias, sempre teve uma desculpa e nunca aconteceu. Em uma segunda, depois de muitas brigas, Carla contou que no próximo fim de semana iria pra uma festa de aniversário, e que o ex estaria lá, pelo que ela tinha me contato ele era um pouco abusivo,fiquei preocupado de acontecer algo mais sério e disse pra ela tomar cuidado (na intenção de se proteger) ela disse que era só não beber que estaria certo (dando a entender que poderia vir a ter uma recaída e ficar com ele), no momento a paciência acabou, não fui excessivo no ciúme mas acho que ninguém gostaria de ouvir isso, certo?
Como a relação já estava desgastada, terminamos,por telefone mesmo (horrível). Eu como sensato fui silenciar ela nas redes sociais, Facebook, insta, twitter. Não queria parecer imaturo e desfazer amizades, mas também não queria ver todos posts durante aquele período de luto, pra minha surpresa quando entro no Facebook para silencia-la ela tinha sido marcada numa foto, no domingo, no dia anterior ao nosso término, onde estava ela uma amiga e pasmem, o ex. Isso mesmo um fds antes ela já tinha ido em alguma outra festa e já estava toda abraçada com o "falecido" que tinha acabado de ressuscitar.
Bom foi aí que deduzi que era web corno, graças ao tio Zuckerberg. Me doeu mto a cara de pau da Carla Tubaroa de nem se preocupar com foto, ou tentar esconder, mas ser livremente marcada por um amiga e por aí vai. Mas não resolvi dizer nada, não sei se por ser mto trouxa ou por achar que nem valia a pena mais.
É isso, hoje rio e faço piada disso com meus amigos, e isso só me mostrou que vou morrer sozinho, assim como o Luba! Hsushus brincadeira Lubisco, vamos encontrar alguém algum dia.Menor igual a 30, bjos!!
submitted by newbguy_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.02.24 16:21 willian8120lopes Dia De Ferias

1-O Assasino Mascarado
Tudo Começa Em 1980 Com um grupo de 9 jovens tals nomes Mike,Joyce,Alexa,Fredd,Chris,Jasmini,daisy,Collins,Jessica Todos felizes apos entrarem de ferias e todos indo para o acapamento Do Tio de mike Todos Felizes por mike e jessica esta comemorando 5 anos de namoraro Todos super felizes dentro de uma van,Chris completando seus 18 anos Fala -Hoje estou aki pra agradeçer todos voces pelo os 18 anos e estou feliz pelo seus 5 anos de namoro Mike Feliz joga uma cerveja para Chris e fala -Parabens agora maior de idade! Joyce e freed dando uns amassos atras do carro Freed Fala -gata vou te fazer feliz hoje Daisy E Jasmini Com Seus 16 anos conversando entre si -sera que o tio de mike e confiavel Jasmini Fala em tom mais alto -Vamos Se Diverti amiga agente ta indo pra comemora o aniversario de 5 anos de namoro do mike e jessica e o aniverversario de Chris Collins Como Menor de idade Ficou Jogando Seu Atari Com Uma Menina viciada em video games. Como era um grande dia todos estavam aproveitando o maximo Pos momento na estrada apos collins detonar doom 1 pela 3 vez cansou e decidiu olhar para estrada como curiosa Ficou Olhando cada momento da estrada quando percebeu um pessoa parada olhando para estranda acenando de mascara preta com um vestido todo branco mais com umas manchas de sangue collins ficou espatanda e logo gritou seu irmao mike -Mike MIKEE tem uma mulher presisando de ajuda Mike Olhou e falou -vamos ver com mais detalhes eles fizeram a volta e deciu dar uma olhada quando percebeu a gasolina do carro tinha acabado e eles tinha que ficar mais um dia na estrada Param Na Estrada Mais proixa e nao viram ninguem no posto como mike o corajoso bateu dois vezes na porta e falou -Tem Alguem ai ??? mike pensou em passar um dia naquele posto mais falou que era uma mal ideia pois aquele posto esta meio sombrio eles decidiram ficar na van dormir perto do posto pelo menos uns 10 Kilometros de la Joyce e freed ficaram mais tarde na van acordado quando ouviu varias batidas na porta Asustado Freed E Joyce foram la vem quem esta la quando eles viram a porta da van uma mancha de sangue na porta e um sangue se arrastando como freed era caçador viu que o sangue ja era meio fresco freed segiu o rastro de sangue e joyce atras viu uma menina toda sangrando Falando me ajude pois joyce deu um grito e acordou todo mundo na van freed tentou ajudar a moça sua que ela esta com a garganta cordada e com serias facadas nao deu muito tempo ate uma pessoa de uns 2,5 metros com uma mascara apareceu e todos correram pra van e saiu em desespero mike correu e gritou -Que porra foi essa. todos em desespero nao percebeu mais joyce estava com um arranhao no braço freed cuidou de joyce fez um curativo no braço dela e continou a viagem ate dormirem na estrada uns 100 kilometros do acapamento Collins ficou traumatizada com o acontecimento mais mike como irmao mais velho falou -vamos esquecer isso vamos nos dirverti. Collins deu um sorriso para mike e contiunou a viagem ate o acapamento
2-Ventilaçao
Apos Chegaram no acampamento todos eles foram recebidos de forma agradavel pelo tio do mike o senhor burns -bom crianças hoje voces vieram passar uns dias de ferias comigo e nosso acampamento so um unico problema a cabana 1 2 estao desativas pos por problemas com ratos so a 3 e a 4 e a 5 estao abertas espero que tenham um otimo dia de ferias ! mike agradece o tio com um belo abraço A noite cai novamente e todos em uma simples fogueira numa roda conversando sobre os seus problemas quando jasmini tem uma ideia -que tal pessoal agente contar umas historias de terror ! Mike confirma so collins e chris vao para a cabana 3 dormirem o restante ficaram acordado Entao Jessica Começou a contar sua historia de terror -Tinha Duas garotas em uma cabana pronta para deitar quando elas ouviram um grito la fora elas foram ver quando jessica da um grito alto assustando todo mundo Jasmini iria contar uma historia mais todos estava cansados de ficar na fogueira comendo salgados e bebendo cerveja todos foram para seus devido local para dormir jasmini e alexa foram para cabana 4 dormirem freed e joyce foram para 5 junto com mike e jessica todos cansados foram dormir.
submitted by willian8120lopes to u/willian8120lopes [link] [comments]


2019.12.19 03:30 dishonoredbr Eu não aguento mais...

Sério, eu realmente desgosto dos meu proprios pais porém não consigo falar na cara deles porque eles provavelmente se matariam. Eles claramente me amam mas não consigo passar o mesmo sentimentos para eles. Não
Backstory rápida: Meu pai e minha mãe ficaram juntos por 22 anos , meu pai sempre bateu nelas e nunca fui tão bom quanto minha mãe queria q ele fosse. Ela traiu meu pai e meu pai traiu ela , meu pai começou a usar drogas pesadas junto da mulher que ele pegava e minha mãe foi em loucura da culpa aonde ela fez perdeu dinheiro pra esquema e bateu o carro do meu pai. Até perdeu o anel que meu pai deu pra ela.. Meu pai bateu muito nela quando ela contou.. Um dia ela bateu com uma gaveta nele , abriu um buraco na cabeça dele , eu precisei ajudar.. Passei boas e poucas com eles. Sempre tentei parar os dois mas nunca consegui.
Eu realmente peguei desgosto dos dois mas eles gostam de mim e se importo comigo, então eu não consigo falar para eles que não gosto deles. Então evito falar com os dois além dos necessários. Fico com minha mãe e trabalho com meu pai em uma empresa que ele fez para mim tomar cuidar quando eu tivesse capacida, já que eles não querem que sai de perto deles ainda , já que eu só tenho 21 anos ( quando eles se separaram eu tinha 18) e eles odeiam ou não confiam em ninguém na família deles pra ficar comigo ou me ajuda, já que os resto da famílias são tão fudidas quanto eles..
Eu realmente não sei o que fazer. Eu odeio ficar pertos dos dois já que meu pai é usuário de drogas fudido ( já até me bateu uma vez, e só não revidei pq era meu pai) e minha mãe até hoje não consegue esquecer meu pai , e frequenmente me pergunta dele e de quem ele fica , eu ODEIO falar isso com ela mas ela não para de perguntar. Claramente não é bom pra ela...
Eu odeio essa situação mas não tenho auto estima nenhuma, vontade nenhuma de melhorar, fazer faculdade nem nada.. Só quero paz... E nem tenho pra aonde escapar pq minha família é inexistente, não tenho amigo próximos além de 2 colegas de trabalhos e meu primo que é maconheiro e quer ir pra Portugal. Não namoro , não tem a menor chance já que eu bao tenho carro , todo meu tempo tô trampando com meu pai então não tem namorada nem namorado pra ir.. mal consigo falar com pessoas que não conheço por mais de um 1 mês no mínimo.
Eu atualmente só quero ficar só com meus jogos e vídeos, isolamento é minha única válvula de escape... Eu odeio essa merda de vida mas não tenho coragem de me matar... Eu só quero paz e ficar sozinho. Odeio essa merda. Acabei de brigar com minha mãe odeio esse lixo de vida.. tbm não gosto de mim , mas não tenho interesse em mudar. Eu realmente só quero ficar sozinho msm com emprego merda comigo mesmo, não aguento mais.. Ficar sozinho tracando no meu quarto é melhor parte do meus dias.
Desculpa por isso. Eu simplesmente não aguento mais e precisava escrever..
submitted by dishonoredbr to desabafos [link] [comments]


2018.10.10 14:11 ViaLogica A principal razão para a eleição de Bolsonaro

Tenho observado os argumentos das pessoas ao meu redor e na internet que pretendem votar no candidato Jair Bolsonaro no segundo turno, e a razão mais prevalecente é que ele "não é do PT".
Aparentemente, não importa muito se ele é racista [1][2], machista [3][4][5], homofóbico [6][7][8], apologista à tortura [9][10], apoiador da ditadura militar [11][12], sonegador de impostos [13], suspeito de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro [14][15][16][17][18][19], além de ser filiado ao partido PSL, que recebeu mais de R$350 mil em "doações" de empresas relacionadas à investigação Lava Jato [20], ser definido como um dos partidos menos transparentes do país [21], e ser considerado um partido "de conveniência" para que seus candidatos obtenham participação parlamentar [22].
O mais importante é que o candidato não é do PT. #B17 neles! /s
Por favor, reconsidere a sua decisão se essa for a sua principal razão. Não é através da eleição de um candidato sem experiência no Executivo, com quase 28 anos como deputado e apenas dois projetos de sua autoria transformados em lei (nenhum sobre segurança pública, sua principal bandeira) [23], e com todos os defeitos apresentados aqui, que iremos melhorar esse país.
 
[1] Em março de 2011, respondeu uma pergunta sobre seus filhos se relacionarem com negras afirmando: "eu não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco. Meus filhos foram muito bem educados". Fonte: http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/03/deputado-associa-na-tv-namoro-com-negras-promiscuidade.html
[2] Em abril de 2017, comparou quilombolas à animais, os avaliando em termos de "arrobas" (unidade de peso utilizada para o gado) e capacidade de procriação. Fonte: https://noticias.uol.com.bultimas-noticias/agencia-estado/2017/04/03/bolsonaro-diz-que-ira-acabar-com-demarcacoes-de-terras-e-financiamento-de-ongs.htm
[3] Em abril de 2017, afirmou que sua filha foi fruto de uma "fraquejada", ao contrário de seus quatro primeiros filhos, homens. Fonte: https://www1.folha.uol.com.bpode2017/04/1873049-entidade-judaica-condena-fala-de-bolsonaro-em-clube.shtml
[4] Em fevereiro de 2015, se mostrou contrário à igualdade de renda entre gêneros, pois mulheres engravidam, e afirmou que "se [ele] empregar [um homem] na [sua] empresa ganhando R$2 mil por mês e a Dona Maria ganhando R$1,5 mil, se a Dona Maria não quiser ganhar isso, que procure outro emprego!" Fonte: https://revistacrescer.globo.com/Familia/Maes-e-Trabalho/noticia/2015/02/jair-bolsonaro-diz-que-mulher-deve-ganhar-salario-menor-porque-engravida.html
[5] Em março de 2017, afirmou ser contra a Lei do Feminicídio e que "nós temos que acabar com o mimimi, acabar com essa história de feminicídio". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bcolunas/monicabergamo/2017/03/1865159-porte-de-armas-acabaria-com-mimimi-de-feminicidio-diz-bolsonaro.shtml
[6] Em março de 2011, após a polêmica sobre sua afirmação racista no programa CQC [1], afirmou ter confundido a pergunta, e que a "promiscuidade" que se referia era sobre seus filhos serem gays, um evento impossível pois "foram muito bem educados". Fonte: https://www.correio24horas.com.bnoticia/nid/deputado-nega-ser-racista-mas-mantem-declaracoes-homofobicas/
[7] Em junho de 2011, associou a homossexualidade com a pedofilia, afirmando que "muitas das crianças que serão adotadas por casais gays vão ser abusadas por esses casais homossexuais". Fonte: https://www.jn.pt/brasil/interiodeputado-bolsonaro-diz-que-governo-transforma-gays-numa-classe-privilegiada-1879387.html
[8] Em junho de 2011, declarou "prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí. Para mim ele vai ter morrido mesmo" e "se um casal homossexual vier morar do meu lado, isso vai desvalorizar a minha casa". Fonte: https://catracalivre.com.bcidadania/jair-bolsonaro-como-ele-reagiria-se-tivesse-um-filho-gay/
[9] Em 1999, já em seu terceiro mandato como deputado, afirmou "eu sou favorável à tortura e o povo é favorável a isso também". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bcolunas/bernardomellofranco/2017/10/1925781-bolsonaro-sem-retoques.shtml
[10] Em abril de 2016, durante o seu discurso de voto favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, homenageou o primeiro militar condenado pelo crime de tortura durante a ditadura militar, Carlos Alberto Brilhante Ustra, e exaltou a tortura sofrida pela presidente durante o período. Fonte: https://extra.globo.com/noticias/brasil/coronel-ustra-homenageado-por-bolsonaro-como-pavor-de-dilma-rousseff-era-um-dos-mais-temidos-da-ditadura-19112449.html
[11] Em janeiro de 2011, afirmou que a ditadura militar brasileira, período marcado por torturas, mortes, e a dissolução de liberdades civis, "foram 20 anos de ordem e de progresso". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bfsp/opiniao/fz1101201107.htm
[12] Em março de 2011, afirmou que apoiaria a volta da ditadura militar no país, e que o período foi "excelente para o Brasil". Fonte: https://catracalivre.com.bcidadania/assista-outras-declaracoes-absurdas-de-bolsonaro/
[13] Em 1999, já em seu terceiro mandato como deputado, declarou: "conselho meu e eu faço: eu sonego tudo o que for possível". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bcolunas/leandrocolon/2018/01/1948754-com-patrimonio-multiplicado-bolsonaro-ja-declarou-que-sonegaria-o-possivel.shtml
[14] A Lista de Furnas, documentos relacionados a um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro para abastecer a campanha nas eleições de 2002 dos partidos PSDB, PFL (hoje DEM), PP, entre outros, revelou o nome de Jair Bolsonaro como um dos favorecidos pelo esquema. Fonte: https://jornalggn.com.bblog/luisnassif/os-nomes-e-valores-da-lista-de-furnas
[15] Em 2014, em um esquema de propinas delatado por Joesley Batista, a empresa JBS "doou" mais de R$360 milhões a partidos em troca de favores políticos, dos quais R$200 mil foram "doados" a Jair Bolsonaro através do partido PP. Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/politica-bsite-do-tse-mostra-que-bolsonaro-recebeu-doacao-da-jbs
[16] Durante o período de 2010-2014, o patrimônio declarado de Jair Bolsonaro e sua família teve um aumento muito superior à valorização esperada para o período, levantando-se suspeitas de lavagem de dinheiro. Fonte: https://ultimosegundo.ig.com.bpolitica/2018-01-07/jair-bolsonaro-patrimonio-familia.html
[17] Durante sua pré-campanha para a Presidência em 2018, suspeita-se que o candidato tenha utilizado a sua cota parlamentar para custear suas viagens de campanha eleitoral, finalidade proibida pela legislação da Cota Parlamentar: "não serão permitidos gastos de caráter eleitoral". Fonte: https://www1.folha.uol.com.bpode2017/04/1877932-presidenciavel-bolsonaro-usa-cota-parlamentar-em-pre-campanha.shtml
[18] Em janeiro de 2018, foi revelado que o deputado Jair Bolsonaro empregava, desde 2003, uma funcionária "fantasma" com salário mensal de R$1.416, mais auxílios, identificada como Walderice Santos da Conceição, quem trabalhava como vendedora de açaí próximo de uma das residências do deputado. Fonte: https://www1.folha.uol.com.bpode2018/01/1949719-bolsonaro-emprega-servidora-fantasma-que-vende-acai-em-angra.shtml
[19] Desde 1995, o deputado Jair Bolsonaro recebe um auxílio moradia de cerca de R$3 mil, apesar de ter um apartamento em Brasília desde 1998, e ter comprado outras residências desde então. Confrontado, alegou ter usado o benefício para "comer gente" quando era solteiro. Fonte: https://oglobo.globo.com/brasil/mesmo-com-apartamento-bolsonaro-recebe-auxilio-moradia-da-camara-22265129
[20] http://meucongressonacional.com/lavajato/partidos/PSL
[21] Em março de 2018, o Movimento Transparência Partidária divulgou um relatório sobre a transparência dos partidos brasileiros, onde os partidos PSL e PCO obtiveram nota 0 de acordo com os seus critérios. Fonte: https://exame.abril.com.bbrasil/psl-novo-partido-de-bolsonaro-e-o-menos-transparente-do-brasil/
[22] Em outubro de 2018, o candidato ao Senado do partido PSL, Major Olímpio, declarou que "os políticos da legenda não têm 'identidade de direita' e gostam de 'mamar nas nomeações' (...) do "diabo" que estiver no poder, (...) [é] um partido de 'conveniência', uma sigla sem ideologia". Fonte: https://oglobo.globo.com/brasil/psl-um-partido-de-conveniencia-que-gosta-de-mamar-nas-nomeacoes-diz-aliado-de-bolsonaro-22960809
[23] Entre 1991 e 2018, o deputado Jair Bolsonaro apresentou 171 projetos de lei, de lei complementar, de decreto de legislativo e propostas de emenda à Constituição, e apenas 2 foram aprovados: o primeiro, de 1996, estendia o prazo para isenção do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para bens de informática, e o segundo, de 2016, autorizava o uso da fosfoetanolamina sintética, chamada “pílula do câncer”, cuja pesquisa foi suspensa por não ter eficácia comprovada em testes. Fonte: https://politica.estadao.com.bnoticias/geral,bolsonaro-aprova-dois-projetos-em-26-anos-de-congresso,70001900653
Edit: correção do valor recebido pelo PSL de empresas citadas na Lava Jato
submitted by ViaLogica to brasil [link] [comments]


2017.12.24 13:08 xEnzim Estou rodeado de pessoas mas ainda me sinto sozinho.

Um pouco de contexto, primeiro de tudo. Sou jovem, menor de 18 anos, ainda estou no Ensino Médio, e faço parte de alguns círculos de amigos.
Tenho o círculo de amigos do meu colégio atual, o círculo do meu antigo colégio, o círculo de amigos que também são amigos do meu irmão (rapazes de 18 a 20 anos) e um grupo de amigos virtuais, que moram em cidades distantes, mas eu ainda converso e jogo com eles frequentemente. Organizo eventos com todos esses grupos, como churrascos e etc, e por fora, parece que somos todos uma só roda de amigos grande.
Mas a realidade parece que é outra. Eu acho muito legal quando eu chamo todos eles pra um churrasco e todos eles se enturmam, adoro misturar meus amigos. O problema acontece quando eu percebo que mesmo com todas essas pessoa ao redor de mim, eu ainda me sinto sozinho, isolado.
Eu tenho um problema muito sério onde eu simplesmente não consigo conversar por redes sociais com pessoas que eu converso pessoalmente. Por exemplo, têm uma garota na minha escola que conversa comigo durante intervalos inteiros, e a gente sempre descobre novos assuntos e consegue manter a conversa. Quando tento puxar assunto com ela no wpp, simplesmente não rola. Ela foi viajar nas férias, e com isso, eu simplesmente não consigo conversar com ela.
Sinto que não tenho ninguém pra conversar, desabafar, rir á toa, refletir. Percebo que a menina que mencionei, pode ser na verdade minha única verdadeira amiga. Parece que todos os meus outros amigos só parecem fingir gostar de mim. Minha cabeça sempre tem essas ideias malucas quando penso nessa minha solidão inexplicável.
Eu namoro desde o começo do ano, e minha namorada até me ajuda com esse problema de certa forma. Mas de outra forma, ela acaba saturando o problema, porque quando não estou com ela, me sinto sozinho e perdido novamente. No último churrasco que fiz, ela não pode vir pois estava cuidando da mãe, e foi esse evento que me fez pensar muito na minha solidão e me fez criar esse post.
O que devo fazer? Falar com meus amigos sobre isso? Tentar achar novos amigos? Eu realmente estou perdido. Cansei de sentir solidão mesmo rodeado por 20+ pessoas que aparentam estar gostando da minha presença.
submitted by xEnzim to brasil [link] [comments]


2017.12.09 20:07 brotocarioca Aquela pessoa que você nunca esquece

Senta que lá vem textão. Fiz esse perfil fake apenas pra jogar meu desabafo aqui na massa sem o perigo de dar ruim pra mim (assim espero).
Queria saber se é normal e principalmente ouvir se algo do tipo já aconteceu com algum de vocês. Eu tive uma namorada de muitos anos que entre indas e vindas (muitas) já se vão 12 anos. A gente se conhece desde que nasceu, literalmente. Minha mãe e a mãe dela são amigas de colégio, nossa idade difere em meses e morávamos no mesmo prédio. Quando a gente era menor, não íamos muito com a cara um do outro porque nós somos muito diferentes em tudo, principalmente na personalidade, mas sempre levei isso como coisa de muleque e nunca dei muita confiança.
Quando tínhamos 15 anos começamos a namorar com tudo que tinha direito, mas aquele namoro mais sossegado e que mesmo assim durou um pouco mais de 2 anos e foi aí que caí na armadilha de querer curtir a minha vida de solteiro no fim da minha adolescência e início da vida adulta. Vulgo 18 anos. Terminei com ela por causa disso e me arrependi 5 dias depois, óbvio que quando tentei voltar ela já não me quis mais. Personalidade é uma coisa que eu admiro numa mulher. É bom deixar claro que fiz muita "merda" (nada ilegal) durante todas as vezes que fiquei solteiro, principalmente passar o rodo onde não devia. Fazia isso porque era muleque imaturo e bem inconsequente.
Fingi que deixei isso pra lá e fiquei um ano fazendo tudo o que queria até que um dia a gente se reaproximou e voltou a sair. Meses depois ela terminou comigo por causa de uma fofoca que uma amiga em comum nossa fez. Puta treta, ela ficou mais de um ano sem olhar na minha cara. Tudo bem, eu tava errado, mas porra que merda isso.
Pouco tempo depois decidi que eu ia consertar tudo isso e depois de muita insistência consegui. Ela me fez comer o pão que o diabo amassou pra decidir se poderia me dar um voto de confiança, até que namoramos por mais uns 2 anos. E entre vários motivos diferentes (nenhum relacionado a traição, violência ou qualquer coisa pesada) fomos terminando e voltando durante os anos, mas nunca me pareceu mesmo definitivo. Sempre tive certeza que ela era a mulher da minha vida e a gente ia fazer um filho a qualquer momento.
Até que quase dois anos atrás terminamos "de vez" com um motivo mais sério porque eu não achava que tava na hora de noivar ou coisa do tipo, ela queria e então a gente terminou. Nunca me vi casado, apesar de já não ver atrativo na vida de solteiro (já to com 27 anos). A ideia de dividir o espaço o tempo todo que era mais aterrorizante, continuava gostando dela do mesmo jeito e querendo ficar com ela do mesmo jeito, mas assim não tinha como. Nunca soube explicar isso e até hoje fico pensando porque fiz isso. Já fui ao médico procurando saber se sou bipolar e pior que não.
Então resolvi comprar um ap e me mudar. Saí do bairro, na época troquei de emprego e então teoricamente não tínhamos qualquer vínculo na rotina para me aproximar dela. Não adiantou de nada. Tentamos todas as coisas que sabíamos que não ia dar certo: ser amigos, mas nunca dava certo porque não somos só amigos e nunca vamos ser. Fuck buddy: que nunca deu certo porque tem muita história envolvida e sempre gerava dr e alguém acabava prejudicado. Conviver socialmente se tornou insuportável porque como crescemos juntos, nosso ciclo social é muito próximo. Meus melhores amigos, meus primos e até minha mãe são muito próximos dela então comecei a me afastar de todo mundo (amigos). Imagina como é ir num bar com a tua ex e ver os caras chegando nela, ainda mais que ela é mo gata. Não posso reclamar, mas também não sou obrigado a ver.
Não sigo em redes sociais, não tenho o telefone dela mais. Apesar de saber onde encontrar, evito ao máximo passar em qualquer lugar que ela possa estar porque sei que vou ficar mexido e vou acabar estragando meu relacionamento atual. Nem confio em mim quanto a isso.
To namorando outra garota há um ano e teoricamente tá tudo bem. Sempre tá tudo bem, na teoria ela é perfeita mas não é a outra. Nunca consegui explicar, não sei dizer o porquê mas não tem um dia que eu não pense na outra, mesmo sem ver ela há mais de um ano. Tudo que a mulher faz me atrai, o jeito que ela fala, o cheiro da pele, o cheiro do cabelo, os detalhes dela em geral. Nunca encontrei uma mulher igual. Parece feitiço, a mulher tem um poder absurdo sobre mim sem precisar fazer nada e olha que sempre fui bicho solto. Nunca dá certo e mesmo assim eu sempre quero arriscar de novo. Acho que isso não seja normal, mas não sei o que fazer. Sinto bastante culpa por estar namorado outra mulher e isso ainda passar na minha cabeça. Ir lá e tentar estragar a vida dela também nem tenho coragem.
tl;dr: terminei com a minha ex há dois anos e nunca consegui esquecer. Não sei como ela faz isso. Acho que nunca vai passar.
submitted by brotocarioca to brasil [link] [comments]


Proibido para menores de 18 anos por conter palavrão DELEGADO JACOVÓS FALA SOBRE CASOS DE NAMORO ENTRE MENORES DE IDADE E ADULTOS - CANAL 38 PARA MENORES DE 18 ANOS  RAYZA NICÁCIO Filme pra maiores de 18 anos (tem putaria) - YouTube SOMENTE MAIORES DE 18 ANOS - GTA V - SAFADENHAAA ESPOSA DE ... PARA MAIORES DE 18 ANOS (EPISÓDIO 152) - YouTube Quem tem menos de 18 anos pode ter a capacidade civil plena antecipada? - TV Justiça MENORES DE 18 ANOS PODEM FAZER TATUAGEM? - YouTube Pornografia para menores de 18 anos - YouTube Adulto relacionando-se com adolescente

relacionamento com menor de 18 anosBate papo gratis online ...

  1. Proibido para menores de 18 anos por conter palavrão
  2. DELEGADO JACOVÓS FALA SOBRE CASOS DE NAMORO ENTRE MENORES DE IDADE E ADULTOS - CANAL 38
  3. PARA MENORES DE 18 ANOS RAYZA NICÁCIO
  4. Filme pra maiores de 18 anos (tem putaria) - YouTube
  5. SOMENTE MAIORES DE 18 ANOS - GTA V - SAFADENHAAA ESPOSA DE ...
  6. PARA MAIORES DE 18 ANOS (EPISÓDIO 152) - YouTube
  7. Quem tem menos de 18 anos pode ter a capacidade civil plena antecipada? - TV Justiça
  8. MENORES DE 18 ANOS PODEM FAZER TATUAGEM? - YouTube
  9. Pornografia para menores de 18 anos - YouTube
  10. Adulto relacionando-se com adolescente

PARA MAIORES DE 18 ANOS (EPISÓDIO 152) Fmastrandea. Loading... Unsubscribe from Fmastrandea? ... Pt2 - Duration: 18:51. Boxing Legends TV Recommended for you. 18:51. QUAL O SABOR?! - Duration: 10:03. Bruno Rafa 204,739 views. 10:03. ... Pedido de casamento Thiago e Marcelo - Rise Up - emocionante - muita lágrima, ... FACEBOOK:https://www.facebook.com/AnnaLuizaPage TWITTER: https://twitter.com/_KidrauhlforJB INSTAGRAM: https://instagram.com/_annaluu/ CANAIS DOS PARCEIROS -... DELEGADO JACOVÓS FALA SOBRE CASOS DE NAMORO ENTRE MENORES DE IDADE E ADULTOS - CANAL 38 RTV CANAL 38 ... 29 ANOS DE DIFERENÇA - Duration: ... 10:18. SportsHD Recommended for you. 10:18. ELE TEM ... Se escreve Da like Proibido para menores de 18 anos por conter palavrão humor digital lu lu. ... causos proibido para menores de 80 anos - Duration: ... Agência de namoro e casamento 246,596 views. Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. TESTANDO PRODUTOS PELA PRIMEIRA VEZ! FENTY BEAUTY, BOCA ROSA BEAUTY, VULT E MAIS... RAYZA NICÁCIO - Duration: 17:45. Rayza Nicácio 60,953 views Quem tem menos de 18 anos pode ter a capacidade civil plena antecipada, em alguns casos. Isso significa não precisar mais dos pais para assinar um contrato ou até mesmo se casar. É a chamada ... 6 motivos de imaturidade emocional - Sobre a ... Namorar e ter uma vida paralela ao namoro ... 18:35. Mina. Z Recommended for you. 18:35. Joe Rogan Meets a Crazy Stripper - This Is Not ... Fala galera, nesse vídeo mostro a safadeza da esposa de Michael, então é apropriado para maiores de 18 anos... Se gostou do vídeo, de um GOSTEI, que isso me ...